01/01/2013 Comentário (0) cicloviagem

Caminho da Fé

8334401692_27cce510ff_b

Fazendo um reconhecimento do percurso que abrange MG e SP, Dani e Gamba passaram por Ouro Fino, Inconfidentes, Borda da Mata, Tocos do Mogi, Fazenda Velha e Estiva. O incrível percurso das “setas amarelas” que não deixa o viajante se perder, além de ser muito bonito ainda proporciona a quem viaja uma sensação de pertencimento, pois no decorrer do caminho o passante é reconhecido como “peregrino” e as portas se abrem o tempo todo. O Caminho da Fé, sem dúvida é um roteiro de cicloturismo que todos os adeptos deveriam experimentar: natureza, gente hospitaleira e um convite à reflexão, além de uma credencial na mão. No site é possível encontrar todas as informações necessárias para concluir o desafio, como por exemplo os gráficos da altimetria. “Fazer o caminho é pra quem tem fé mesmo”, conclui a dupla que pedalou pelas serras de Tocos, de Estiva e beiraram à Serra  do Caçador. Clique aqui e conheça mais.

Credencial

Caminho da Fe

Caminho da Fe

Caminho da Fe

Caminho da Fe